Mais Lidas

Boni detona demissões de veteranos da Globo: 'Jamais poderiam ir embora'

Ex-diretor da empresa chama alguns artistas de 'sócios' e 'investidores' da emissora

Cátia Fonseca e Boni
Cátia Fonseca e Boni -
Ex-diretor da Globo, José Bonifácio de Oliveira Sobrinho, o Boni, criticou a antiga casa pelas demissões de artistas veteranos do elenco como Tarcísio Meira, Glória Menezes e Renato Aragão. Ele os chamou de 'sócios' da emissora e que 'jamais poderiam ir embora'.
'Não considero essas pessoas contratadas da Globo, eu considero sócios, investidores. Essas pessoas jamais poderiam ir embora porque você pode encerrar um contrato, mas não pode demitir o teu sócio. Eles são investidores da TV Globo, não contratados. Não é a TV Globo inteira, mas tem umas dez, 15 pessoas alí que teriam que ser mantidas para o resto da vida porque eles não foram lá por dinheiro. Eles acreditaram numa ideia. Então, são responsáveis pela construção da TV Globo", explicou Boni para Cátia Fonseca no programa 'Do Bom e Do Melhor', na Rádio Bandeirantes.
Dono da TV Vanguarda, afiliada da Globo na região de São José dos Campos, interior de São Paulo, ele também citou os nomes de Regina Duarte, Francisco Cuoco e Daniel Filho como 'sócios' da emissora. "Essas pessoas vieram naquela época, 1967, a meu convite e vieram acreditando em uma ideia. Eles não foram contratados pela TV Globo porque não havia dinheiro. A TV tinha praticamente ido quase à falência, dr. Roberto [Marinho] teve que empenhar tudo o que tinha na vida dele para recuperar os prejuízos iniciais", completou.